A Luz dos Aboim

14/09/2010

Benfica – Teoremas I

Filed under: SLB — Etiquetas:, , , — BLA @ 09:30

O mais recente episódio da sequência de decepções que o nosso Glorioso nos tem vindo a proporcionar, após a fantástica época que a todos os benfiquistas o ânimo levantou, teve lugar na cidade-berço, Guimarães. Com efeito, foi preciso chegar-se ao quarto jogo oficial e consequente terceira derrota para o meu nível de preocupação ter finalmente atingido patamares bastante elevados…

Os árbitros parecem ter voltado a ganhar protagonismo – pelas piores razões possíveis, como se viu este fim-de-semana – e o FêCêPê está já a nove pontos de distância, no topo da classificação. Mas mais que estas preocupantes situações, o que realmente me assusta é a ausência de soluções tácticas que o nosso Glorioso parece apresentar.

Não desvalorizando a competência dos adversários até hoje defrontados, muito menos a perigosa importância que um certo regresso ao passado no que à influência directa das decisões da arbitragem nos resultados dos jogos da Liga diz respeito, o que mais me atemoriza é a aparente incapacidade total para nos sobrepormos a tudo isto.

À partida, dizer que grande parte da incapacidade em jogar bom futebol, que o Benfica tem demonstrado neste início de época, se deve às saídas de dois jogadores parece exagerado. Dois jogadores não fazem uma equipa! Ainda para mais, uma equipa que tão bem oleada sempre esteve e onde existem muitas mais excelentes individualidades… No entanto, é exactamente essa a minha opinião. Passo a explicar:

O JJ não tem, na minha opinião, sido capaz de lidar de forma conveniente com a saída de Ramires para o Chelsea. O Ramires emprestava à equipa um magnífico equilíbrio entre as suas perigosas deambulações atacantes pelo centro-direita e um perfeito sentido de cobertura táctica defensiva, quando recuava e quase se tornava um segundo trinco, ao lado do Javi. A sua percepção táctica é muito acima da média e ele sabia perfeitamente que terrenos pisar, quando pisá-los e da forma mais eficaz.

Jogadores diferentes têm necessariamente que ter funções diferentes. Na minha opinião, o JJ não pode querer fazer do Carlos Martins (ou mesmo do Amorim) um segundo Ramires. As características não estão todas lá – terão umas a menos e outras a mais –, no máximo serão uma boa imitação do Ramires. E repetir até à exaustão um modelo que porventura se tornou gasto não é o que se pede a um treinador. O que se pede é reinvenção!

A matéria-prima disponível dará, seguramente, garantias de se poder testar diferentes soluções. Repito: diferentes soluções – não a mesma solução de diferentes formas.

A acrescentar a tudo isto há ainda a saída do nosso “abre-latas” Angelito Di Maria. A equipa parece, a esta altura da época, ter ficado um pouco à deriva e sem soluções atacantes que ofereçam a mesma capacidade de penetração nas defesas contrárias. No presente plantel, com uma semelhante capacidade de rapidez, imprevisibilidade e espontaneidade só encontro a grande revelação Fábio Coentrão. E o Benfica ficou demasiado dependente das suas (Fábio) investidas atacantes…

Além da demasiada dependência do Coentrão, o Benfica tornou-se demasiado previsível – pois parece ser na ala esquerda da defesa que todos os ataques verdadeiramente perigosos começam. Para um adversário atento, facilmente se encontram soluções defensivas que anulem ou atenuem as investidas atacantes do Coentrão – basta colocar algum extremo na ala direito dos seus ataques, impedindo-o de subir.

Esta exagerada dependência do génio do Fábio provoca, ainda, outros problemas tácticos que vão ao encontro do “problema Ramires”. Tanto ênfase atacante colocado nos ombros do lateral esquerdo de uma equipa exige, naturalmente, compensações defensivas muito bem treinadas e executadas na perfeição. O Javi García, sozinho, não parece ter condições de acudir a todos os fogos. Mais uma vez se nota a ausência do Ramires, ou de um médio que consiga ajudar o Javi nas compensações.

As subidas do Coentrão não têm sido correctamente acauteladas e isso tem-se reflectido na falta de tranquilidade pela qual o sector defensivo tem passado. Sem tranquilidade posicional defensiva, todos os intervenientes do processo defensivo ficam automaticamente a “acudir fogos”. No processo defensivo, ao invés de se estar a agir preventivamente, está-se a agir reactivamente! Parece que falta sempre um homem na defesa – todos os jogadores parecem chegar atrasados aos lances, pois existe mais espaço para ocupar do que aquele que eles conseguem ocupar…

Isto é o reflexo da falta de mecanismos defensivos bem oleados e da falta de compensações executadas pelo meio-campo da equipa. Em suma, é reflexo da saída de Ramires e da sua errada substituição por jogadores sem as mesmas características, da saída de Di Maria e da exagerada dependência do Coentrão. Mas é, sobretudo, reflexo da incapacidade do JJ em, até ao momento, encontrar soluções tácticas diferentes das da época passada.

A fé de um benfiquista nunca se esgota e acredito que o JJ consiga descortinar formas de o Glorioso melhor executar os processos ofensivos e defensivos; e inverter esta tendência negativa. No entanto, o tempo urge… Viva o Glorioso!

Anúncios

3 comentários »

  1. Não é exagero afirmar que esta foi a análise mais interessante e mais bem escrita que li sobre o actual momento do futebol do Benfica. E devo dizer que li muito sobre o assunto, na imprensa e em blogs. Partilho completamente o sentimento de preocupação relativamente à incapacidade mostrada, até agora, pela equipa técnica, para contrariar as táticas adversárias. Isto, sem menosprezar a influência negativa para as nossas cores que os erros de arbitragem tiveram em pelo menos três dos quatro jogos oficiais que já disputámos para a Liga. Fico ansioso por novas postagens. Viva o Benfica!

    Comentar por Mr C — 14/09/2010 @ 14:26

  2. Perfeitamente de acordo.

    Comentar por ivo980 — 15/09/2010 @ 14:40

    • Grande ivo980, bem-vindo!
      O gang está completo!

      Comentar por BLA — 15/09/2010 @ 15:09


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: