A Luz dos Aboim

08/11/2010

Equívocos

Filed under: SLB — Etiquetas:, — Carlos @ 20:47

Mas o que é que se passa com a nossa equipa? O que aconteceu para os campeões nacionais já não conseguirem produzir exibições como as da época passada que proporcionavam bons resultados e davam imensa satisfação aos adeptos e público em geral?

Já não se aguenta mais ouvir dizer que perdemos Di Maria e Ramires. É um facto que bastante falta nos fazem mas outros vieram para dar conta do recado. Arriscaria dizer que, nos últimos 30 anos, nenhuma outra equipa técnica do futebol do Sport Lisboa e Benfica teve tantos meios à sua disposição para desenvolver um excelente trabalho, como a desta época .

Perder um jogo nunca é bom mas ao menos que se perca mantendo a dignidade.

Não foi o caso de ontem e a responsabilidade do que se passou não cabe exclusivamente aos jogadores. Aconteceu sobretudo por equívocos do treinador Jorge Jesus a organizar a equipa e já tinha acontecido noutras ocasiões (Eusébio Cup e Supertaça Cândido de Oliveira)

O que Jorge Jesus fez foi uma autêntica revolução no plantel, principalmente na defesa que vinha sendo um sector da equipa muito sólido.

É verdade que a equipa escolhida até nem começou mal mas durou apenas 10 minutos, até à altura em que o adversário começou a explorar os desequilíbrios provocados pelas alterações no nosso sector mais recuado.

Porquê tantas alterações num jogo tão importante para os objectivos da equipa e para o ânimo dos adeptos, contra um adversário forte e muito motivado na luta pelo título?

Não achei bem a colocação em jogo do Sidnei porque tem sido pouco utilizado.

Não concordei com a passagem do David Luiz para lateral esquerdo porque não tem rotina naquele lugar, nem com a do Fábio Coentrão para uma posição mais adiantada porque acho que ali não rende tanto (caramba, afinal de contas é ou não um dos melhores laterais esquerdos da actualidade, e será que se pode prescindir dele nessa posição num jogo tão importante como este contra o fcp?).

Colocando o David Luiz atrás do Fábio Coentrão, acho que se perderam 2 desequilibradores fundamentais da equipa.

Também não posso estar de acordo com a colocação do Aimar naquela posição tão avançada, onde fica mais sujeito à pressão dos defesas contrários, nem deixar o Saviola no banco.

Concordo que Carlos Martins e Aimar estão em boa forma mas não é obrigatório que joguem sempre os dois, simultaneamente.

Não quero parecer ingrato nem esqueço o bom trabalho realizado por Jorge Jesus no último ano ao serviço do Benfica mas, desde o início desta época, acho que não tem conseguido ser o mesmo.

É verdade que as decisões técnicas sobre a equipa de futebol cabem exclusivamente a Jorge Jesus mas, como os resultados estão longe do que se pretendia, é razoável que os benfiquistas questionem se a situação está a ser devidamente avaliada e se estão a ser tomadas as medidas necessárias para a inverter. Gostaria de ter a garantia de que o projecto de construir uma grande equipa de futebol para os próximos anos se mantém e que os objectivos delineados pela Administração da SAD também continuam inalterados.

Com uma diferença de 10 pontos para o líder, vai ser muito difícil conquistar o bi-campeonato esta época mas não devemos desistir, enquanto houver uma possibilidade de o conseguir, por mais ténue que seja.

Embora seja difícil conseguir fazer esquecer o descalabro de ontem, espero que Jorge Jesus volte aos bons resultados  já no próximo jogo em casa e vou lá estar para renovar a minha confiança na equipa.

Como a generalidade dos benfiquistas sinto-me profundamente desgostoso mas, apesar de tudo, não acho aceitável que por causa do desaire que sofremos ontem se ponha em causa a competência e a continuidade da equipa técnica.

Viva o Sport Lisboa e Benfica

Anúncios

3 comentários »

  1. Nem apetece escrever.

    Como é possível uma equipa campeã da forma avassaladora como foi, e que ainda há poucos dias deu mostras de uma capacidade impressionante frente a um semi-finalista da Champions do ano passado, chegar a um jogo como o de domingo e mostrar-se tão frágil? Tão pouco confiante, tão pouco segura…

    É verdade que um clássico é sempre um jogo de muitas emoções, que pode pender para qualquer lado, que é imprevisível e cujo ambiente favorece sempre quem joga em casa. Mas mais do que não jogar bem, porque há dias em que as coisas não saem bem, o que me assustou ver no domingo foi a desorientação de TODOS os nossos jogadores dentro de campo. Simplesmente não sabiam o que tinham de fazer!

    Principal culpado da péssima prestação: Jorge Jesus, acho que ninguém tem dúvidas quanto a isso.
    Os três jornais desportivos tinham cada um uma capa mais humilhante que a do outro. Não foram especialmente criativas ou inteligentes, mas a mensagem que passaram era a que vai na cabeça de todos os Benfiquistas: para quê INVENTAR num jogo destes?

    E atenção, eu sou muito a favor de inovações e de surpresas, mas só quando resultam. Quando não resultam não gosto. Quando falham redondamente, detesto. E no domingo tudo falhou redondamente!

    Os corruptos não têm uma equipa espectacular, e é verdade que têm vivido à custa do givanildo-que-abre-testas-de-stewards-ao-pontapé-e-ainda-é-vitimizado-pelos-mesmos-que-há-vinte-anos-protegem-o-maior-corrupto-do-futebol-português, mas têm outros jogadores que, tendo liberdade, sabem aproveitá-la! Dificilmente se consegue um resultado positivo contra uma equipa equilibrada como a dos corruptos se a nossa principal (diria mesmo única!) preocupação for parar UM deles.

    Dito isto, pior do que definir uma estratégia que ignora os outros dez corruptos, é definir essa estratégia e essa estratégia falhar redondamente: não só não controlámos os outros dez corruptos, como não conseguimos controlar o único jogador que nos propusémos controlar de início! Absurdo!

    O givanildo é rápido, o givanildo é forte.
    Eu, quando jogo à bola contra um givanildo, não me vou armar em campeão e pensar que lhe vou conseguir tirar a bola sempre. Até posso ser um David Luiz e tirar-lhe a bola 99% das vezes, mas aquele 1% vai quase de certeza dar golo. E, assim sendo, eu prefiro ser humilde e pedir ajuda a alguém para lá estar quando eu não lhe conseguir tirar a bola.

    Ora, no domingo, o Jesus pensou que pondo o David em cima do givanildo ele não daria problemas. Mas deu. E, quando deu, quem é que lá estava a ajudar o David? Ninguém. Primeiro erro crasso do Jesus! E o que é que acontece quando um defesa é ultrapassado no um contra um? Alguém tem de fazer a dobra. E quem é que lá estava para fazer a dobra? O (potencialmente bom mas) lento, pesado e sem ritmo Sidnei. Segundo erro crasso do Jesus! A partir daí, com a defesa descompensada, era preciso que as rotinas defensivas da equipa entrassem em acção. Ah espera, isso das rotinas é aquela coisa chata que só aparece quando os jogadores jogam juntos durante algum tempo, não é? Terceiro erro crasso do Jesus!

    Para não falar de termos colocado à margem do jogo o nosso jogador mais rápido. Mas que estupidez, não estou a ver nenhum sítio onde a velocidade dele pudesse ter sido mais útil… Vocês estão? Quarto erro crasso do Jesus!
    É mesmo como tu dizes, ele é ou não um dos melhores laterais esquerdos da actualidade? Enfim…

    Quanto ao Saviola, é a alteração que menos me choca. E, na minha opinião, a que menos teve influência na nossa exibição. É verdade que o Aimar não serve para o lugar do Saviola (já o Quique fez questão de provar isso), mas podíamos jogar num 4-5-1 com um meio campo mais consistente e dar muita liberdade ao Aimar. Não seria a minha opção, mas não me choca.

    E já escrevi de mais. Para acabar, acho que o título não é impossível, longe disso, mas está mais difícil.
    Ainda assim acho que vamos ser bicampeões! E vamos ganhar a Champions e a Taça de Portugal! Só temos de aprender com os erros, porque a qualidade está lá.

    O importante agora é não deixar que este resultado nos abale. A viagem a Angola até é capaz de ser benéfica, porque vai ser uma festa independentemente do que aconteceu no domingo, e pode ser que eles se deixem contagiar pela alegria e pelo entusiasmo do mar de gente que os vai receber. Nestes maus momentos é preciso perceber que há muito mais para além de um jogo mau, e o que pode ser melhor para lhes abrir os olhos do que ir a outro continente sentir a grandeza do Glorioso?

    Viva o Benfica!

    Comentar por kravi — 09/11/2010 @ 01:07

  2. Duas excelentes análises!

    Não há muito mais a dizer. Vocês focaram todos os pontos essenciais da vergonhosa catástrofe de Domingo.

    Só acrescentar mais três pontinhos:

    – O primeiro é que cada vez mais me convenço de que o “Catedrático da Táctica” é um razoável treinador mas tem vícios de equipa pequena. Tantos anos a treinar equipas pequenas e é difícil perder hábitos. O JJ armou a equipa para ir às Antas como se estivesse à frente do Estrela da Amadora: focou-se na marcação ao que ele acha que é o principal perigo do adversário, mudou o esquema habitual e fez tudo girar à volta de uma estratégia específica para “abafar” o adversário. É assim que fazem todas as equipas pequenas quando defrontam os grandes nas casas destes. O problema aqui é que se a estratégia falhar quando se está à frente do Estrela argumenta-se sempre que o resultado era espectável e não foi possível parar o forte adversário, portanto, tudo normal… Quando se trata do Glorioso, não podemos correr o risco de apostar tudo numa estratégia “destrutiva” – se não resulta, dá no que deu… Ou seja, mentalidade e estratégia de equipa pequena o Benfica não pode ter! O JJ tem que aprender que, em equipas desta envergadura, tem que existir uma “filosofia de jogo” subjacente e que seja transversal a qualquer encontro, adversário ou competição. Uma coisa é ter cautelas, em função do adversário. Outra é, devido ao poder inquestionável de um adversário, alterar completamente a tal “filosofia”, identidade e personalidade de uma equipa.

    – Há uma tremenda incoerência nas atitudes do JJ. A fanfarronice de certas alturas, a obtusidade e inflexibilidade de ideias em certas ocasiões, deu Domingo lugar ao medo, ao receio do adversário, à total destruição das sólidas bases da equipa… Não percebo! Ou 8 ou 80? Em Lyon e na Alemanha nunca pensou em jogar com cautelas e saímos vergados a frustrantes derrotas. Nas Antas, só pensou em defender e nem isso conseguiu fazer bem!

    – Ainda a respeito da falta de coerência, o JJ arrisca-se a ter desvalorizado os seus activos (jogadores). O melhor lateral esquerdo do mundo afinal não servia para defender o Hulk – queimou-o tirando-o de lá e voltou a queimá-lo pondo-o lá, depois de a equipa estar desorientada. Um dos melhores defesas centrais do mundo, com uma grande versatilidade posicional, foi desviado para a esquerda (posição que faz relativamente bem, consoante a oposição) – queimou-o ao expôr claramente as suas deficiências para jogar a lateral e ainda mais o queimou quando assumiu que não resultava e o tirou de lá. Não digo que não tenha feito bem em voltar ao esquema defensivo dos jogos anteriores – foi a tentativa de minimizar os estragos, ainda bem que o fez -, mas isso só veio confirmar o crasso erro inicial. Queimou ainda o Sidnei – que nunca joga, não tem absolutamente nenhumas rotinas de jogo (e as rotinas são aquilo que o podem ajudar e muito, visto que não é rápido nem ágil) e ficará muitas vezes associado a este resultado… Ainda se arriscava a ter queimado o Roderick, mas isso não foi culpa dele, mas do desnorte do nosso Capitão…

    Última nota para assinalar o profundo desgosto com que assisto a sermos brindados com “olés” pelo terceiro jogo esta época… Algo vai muito mal!

    Comentar por BLA — 09/11/2010 @ 09:25

  3. Concordo em absoluto com as vossas análises, e como estou (ainda) em estado de choque, não vou acrescentar grande coisa. Estou absolutamente desolado. Abraços.

    Comentar por ivo980 — 09/11/2010 @ 22:26


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: