A Luz dos Aboim

25/11/2010

Vencidos

Filed under: SLB — Etiquetas:, , — Carlos @ 18:58

O resultado do jogo que disputámos ontem em Telavive contra o Hapoel e que perdemos por 3-0, apesar de não ilustrar o que se passou em campo, acaba por evidenciar a falta de eficácia e de preparação da nossa equipa.

É incrível a forma como perdemos contra uma das equipas mais fracas que disputa a presente edição da fase de grupos da Liga dos Campeões!

Nos três jogos que disputámos fora de casa, nesta competição, sofremos 7 golos e marcámos zero. Inadmissível, se pensarmos que os nossos adversários no grupo eram dos mais acessíveis para defrontar (basta ver as baixas classificações e desempenhos que tinham nas respectivas ligas esta época).

A nossa equipa está muito aquém das expectativas que a conquista do último título tinha gerado. Parece uma equipa vulgar. Os jogadores não têm mostrado brio nem capacidade.

Culpa deles, exclusivamente? De quem mais? O que se passa?

Começámos o jogo com o Hapoel a pressionar e cheios de vontade de atacar. Criámos oportunidades mas não conseguimos marcar. O nosso jogo vivia de alguns rasgos individuais de um ou outro jogador. Faltou velocidade nas movimentações e lucidez na hora do remate.

Falta-lhes confiança? O que fazer?

Propositadamente não refiro os jogadores do Benfica que achei melhor e pior mas parece-me evidente que alguns jogadores andam alheados nos jogos e têm tido baixo rendimento. Também noto que o treinador está menos interventivo no banco, durante os jogos, e parece conformado com os fracos resultados obtidos.

O que mudou desde a conquista do título, há 6 meses?

Conversando com o BLA, a propósito do jogo de terça-feira passada em Braga, dizia-me ele que, apesar de termos um plantel muito bom, não via, nas actuais circunstâncias, capacidade anímica da nossa equipa para defrontar o Arsenal e derrotá-los com 2 golos, como o Braga tinha feito. Estava a adivinhar o guião do jogo de Telavive.

Numa ou noutra ocasião, a equipa israelita ainda tentou equilibrar o jogo mas fomos nós que continuámos a ter mais iniciativa durante a maior parte do tempo. Apesar disso foi o adversário que em 4 oportunidades marcou 3 golos e nós zero.

Algumas estatísticas do jogo contabilizam que entre o primeiro e o segundo golo do Hapoel teriam decorrido 45 minutos e que durante esse período os nossos adversários não teriam rematado uma única vez à nossa baliza. A ser verdade, seria o equivalente a metade de um jogo de futebol sem rematar.

Onde está a defesa autoritária da última época?

Considero portanto que ontem perdemos por culpa própria e não dei por quaisquer outros casos que tivessem condicionado o jogo e influenciado o resultado.

Este ano, a Liga dos Campeões já acabou para nós. Vamos ver se conseguimos ir à Liga Europa. Além dos títulos que nos enchem de orgulho, não devemos descurar os benefícios financeiros que a participação nas competições europeias proporcionam ao Clube.

Dito isto e pesando o facto de estar muitíssimo desiludido e de sentir que o nosso querido emblema foi humilhado, não me parece ser a altura de fazer balanços trágicos e pedir a cabeça seja de quem for nem exigir pedidos de desculpa patéticos e inconsequentes.

Como disse aqui outro benfiquista, “o silêncio por vezes é de ouro, outras de prata, e por vezes mata”.

Por isso, espero que qualquer um dos responsáveis pelo futebol do Benfica, Luís Filipe Vieira ou Rui Costa, se pronuncie com a maior brevidade sobre a situação actual que o futebol atravessa e as medidas que estão a ser tomadas para a corrigir.

Viva o Benfica!

 

 

Anúncios

2 comentários »

  1. É tal e qual como dizes. Falta brio, capacidade e vontade de dar a volta à época.

    Que desempenho patético…

    Comentar por BLA — 25/11/2010 @ 19:50

  2. E um dos responsáveis já se pronunciou (LFV). E disse muito, ainda que sem dizer quase nada.
    Se há alguém no Benfica que não se entrega como o Presidente pretende, se calhar não devia lá estar.

    Dito isto, o resultado deste último jogo realmente não ilustra o que se passou em campo, mas perdemos bem e por culpa própria. Falhámos no ataque e na defesa, e quando assim é normalmente perde-se.

    Só um reparo: nem tudo é mau, e não concordo que não seríamos capazes de defrontar o Arsenal e de os derrotar com 2 golos, basta lembrarmo-nos que há não muito tempo estivemos a ganhar 4-0 ao semi-finalista da Champions do ano passado. Somos muito melhores que o Braga e, por isso mesmo, seríamos capazes do que eles são e muito mais.

    A questão para mim é que, quando as coisas não nos correm bem, falta-nos lucidez para dar a volta à situação. E essa lucidez, se não existe nos jogadores, tem de vir de quem os orienta. E quando não vem, só os confunde ainda mais.

    Comentar por kravi — 26/11/2010 @ 13:05


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: