A Luz dos Aboim

13/03/2011

Basta!

Filed under: SLB — Etiquetas:, — Carlos @ 15:56

Na passada sexta-feira, em pleno dia, na cidade do Porto (ou será Palermo?), Rui Gomes da Silva, vice-presidente do Benfica, foi  covardemente agredido por desconhecidos encapuçados.

Tratou-se de um acto intimidatório, realizado por gente ligada ao clube regional assumidamente corrupto, que só um sentimento de impunidade total permitiu que tivesse sido levado a cabo.

Responsáveis por essa impunidade que se vive particularmente em Palermo:

  • Justiça inoperante que branqueou actos comprovados de corrupção e ilibou os agentes dessa corrupção.
  • Passividade das autoridades e forças de segurança.
  • Tolerância destes actos (especialmente contra o Benfica) e aceitação de que o mais importante é vencer, ainda que seja de forma ínvia, por parte dos adeptos do clube corrupto.
  • Incapacidade dos orgãos de informação, jornalistas, comentadores e analistas exporem capazmente estas situações.
  • Encobrimento e justificação destes actos com a defesa da regionalização, por parte de responsáveis desportivos, políticos e económicos do norte do país.

É inaceitável e merece uma denúncia exemplar!

A facilidade com que os bandidos actuam faz pensar que se está num país sem lei, sendo poucos os que se atrevem a denunciar estes acontecimentos. por haver medo de represálias por parte dos facínoras.

Foram cobardes as referências do presidente do clube corrupto sobre os factos desta agressão assim como é inadmissível que alguns comentadores tentem assacar responsabilidades pelo sucedido apenas aos malfeitores que a produziram, pretendendo dessa forma ilibar todos os adeptos anti-Benfica que, com o seu silêncio, apatia ou distanciamento, consentem que se continuem a praticar tamanhas atrocidades.

Estão a dar cabo do futebol e os adeptos que gostam de desporto começam a ficar cansados destas situações.

Sem descer ao nível dos bandidos, é importante que quem praticou directamente a agressão sofra as consequências adequadas mas também seria necessário  penalizar os mandantes e quem pretender desvalorizar ou branquear estes acontecimentos.

Saúdo todos os atletas, colaboradores e dirigentes do nosso Clube, particularmente os mais novos e os das modalidades, que todos os fins de semana, nas suas actividades desportivas  se expõem  e sujeitam à sanha agressora dos anti-benfiquistas e a situações como a descrita.

Sinto também um grande orgulho por todos os adeptos benfiquistas do norte do país que não deixam de manifestar o seu amor ao Clube apesar dos condicionalismos a que são sujeitos pelos nossos adversários.

Para todos os benfiquistas o momento tem de ser de união!

Viva o Sport Lisboa e Benfica!

Anúncios

3 comentários »

  1. Excelente post, colocando o dedo na ferida!

    É realmente graças a esse “sentimento de impunidade” que este tipo de actos tem vindo a aumentar de número. Uma autêntica máfia!

    Os contantes ataques aos autocarros das equipas do Glorioso (Voleibol inclusive!), ano após ano; o arremesso de objectos para dentro do relvado, visando e atingindo jogadores do nosso clube; as vandalizações de Casas do Benfica no Norte; e, agora, a agressão a um dirigente do Glorioso, em plena zona central do Porto… Ao que chegou isto tudo…

    O branqueamento destas situações todas, rapidamente deixadas cair em esquecimento por parte de alguma comunicação social subserviente aos interesses dos poderes instalados, faz com que aos prevaricadores seja dada cada vez mais força para continuarem a perpetrar actos destes!

    Como disse noutro post, é triste ver que este “ódio” ao Benfica já se espalhou a outras agremiações que não só a dos corruptos, tendo também os jogadores do Benfica sido atingidos com bolas de golf no jogo em Braga…

    Espero que isto não se torne numa escalada de violência, com algumas mentes “menos esclarecidas”, adeptas do nosso Glorioso, a responderem na mesma moeda. É importante que este tipo de actos fique unica e exclusivamente associado a um ou outro determinado tipo de clubes e a uma muito característica filosofia de adeptos.

    Nunca deveremos responder-lhes descendo ao seu nível, mas uma resposta enérgica e firme é crucial! Mais ênfase terá que ser dada, por parte da direcção do nosso clube, à exposição das situações de Braga, das Casas do Benfica, e dos inúmeros ataques a que somos, sistematicamente, sujeitos quado jogamos nas Antas! Pressão sobre as instituições responsáveis tem que ser exercida!

    O que fez a Polícia para tentar saber quem lançou objectos para dentro de campo – já chegaram a alguma conclusão? O que fez a Polícia para tentar perceber quem vandalizou as Casas do Benfica? O que fizeram a Liga e a Federação acerca da entrada de objectos proibidos dentro dos estádios? Uma simples multa de alguns milhares de euros ao SC Braga é suficiente para apagar a forma como o speaker destilou e incitou ao ódio contra os do SLB no passado jogo? Então e a suposta promoção do futebol português, onde encaixa aqui?

    É sintomático que, ao fim de mais de 20 anos de conquistas nacionais e internacionais (muitas delas conquistadas sabemos bem como!), os responsáveis do Porto continuem a falar em guerras Norte/Sul, em sentimentos de injustiça face ao chamado “poder central” e aproveitem para lançar novamente as ideias de Regionalização. O prório Villas-Boas, a uma pergunta acerca do Barcelona x Real Madrid, disse identificar-se mais com o Barcelona graças à filosofia de “combate ao poder central”, personificado no Real de Madrid! Mesmo com o crescimento que tiveram nestes anos têm mentalidades pequenas e sabem que só consegem ter as pessoas (burras) do lado deles se designarem um inimigo comum, alegadamente responsável por tudo o que de mau existe e lhes acontece!

    São tristes, mesquinhos e tacanhos. Diria que mereceriam o nosso total desprezo mas, neste caso de contínuos actos de violência contra o nosso clube, reacções enérgicas se exigem! Faça-se pressão sobre as entidades que coordenam o Desporto e exijam-se respostas e medidas!

    Viva o Glorioso!

    Comentar por BLA — 13/03/2011 @ 17:59

  2. Este comentário complementa muito bem o que quis dizer no post.
    É necessário enfrentar este clima de terrorismo com firmeza.
    Se não devemos responder às agressões de forma violenta, cumpre-nos, todavia, exigir que os responsáveis por estes actos deploráveis sejam identificados e castigados e não descansar nem desistir enquanto isso não tiver sido alcançado.
    Viva o Benfica!

    Comentar por Mr C — 13/03/2011 @ 18:28

  3. É realmente muito triste, tanto como as declarações branqueadoras de todas as pessoas ligadas aos porcos que eu ouvi falar.

    Que raio de mentalidade.

    Comentar por kravi — 15/03/2011 @ 11:43


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: