A Luz dos Aboim

22/03/2011

Basta! II

Filed under: SLB — Etiquetas:, — BLA @ 20:31

Infelizmente, face aos últimos acontecimentos, somos obrigados a, mais uma vez, reflectir acerca do rumo que toda esta onda de violência contra os do Glorioso tem vindo a tomar. O nosso autocarro foi, mais uma vez, atacado por um grupo de criminosos. O automóvel que se lhe seguia, onde se encontrava o Presidente LFV, foi atingido. O LFV e o motorista do automóvel sofreram ferimentos ligeiros. Como será da próxima vez? Quando irá parar tudo isto? Será que só se dará a devida importância a estes acontecimetos quando algo de mais grave acontecer?

Embora não acredite que assim venha a suceder, seria crucial que não houvesse retaliações. É de extrema importância que actos destes fiquem associados unicamente a um certo tipo de adeptos, que não nos rebaixemos ao nível deles…

O Sport Lisboa e Benfica reagiu assim ao sucedido:

“Ontem, uma hora e trinta e cinco minutos depois do fim do jogo em Paços de Ferreira, a comitiva do Sport Lisboa e Benfica, num acto premeditado e executado com precisão, foi cobarde e violentamente atacada.

O País, através das imagens, foi testemunha deste ataque inqualificável, que diz bem do carácter e do propósito dos seus autores.

Todos assistimos – chocados e incrédulos – à repetição de actos que, infelizmente, vêm manchando o futebol português.

O que se passou ontem – que fique bem claro – não representa o futebol ou os seus adeptos. Não representa uma região ou uma cidade. Representa, apenas, um grupo de vândalos, que tem beneficiado da clandestinidade das suas acções.

Todos temos a obrigação de condenar, com clareza, actos deste tipo.

O que aconteceu ontem nada tem a ver com rivalidade ou com futebol; tem a ver com criminalidade.

O que se passou ontem também não tem a ver com o Sport Lisboa e Benfica, mas com o País que somos e com o País que queremos ser.

Já houve demasiados incidentes e o de ontem à noite – só por um feliz acaso – é que não ganhou proporções maiores, que hoje todos estaríamos a lamentar.

Mas a nossa obrigação não pode passar apenas por condenar a violência, qualquer que seja a forma por que ela se manifeste.

A nossa obrigação, porque somos um Clube responsável, com uma história centenária, é evitar agir da mesma forma.

Esta Direcção do Sport Lisboa e Benfica não se revê em quaisquer tipo de represálias que possam resultar da sequência dos sucessivos incidentes de que os nossos atletas e dirigentes têm sido vítimas.

A nossa grandeza e o nosso carácter devem levar-nos a pensar que somos o que somos porque não nos revemos neste tipo de acções.

Quero acabar, em nome da Direcção do Sport Lisboa e Benfica e da Administração da SAD, repetindo o nosso apelo para que, independentemente do repúdio a este tipo de actos, nenhum sócio, simpatizante ou adepto do Benfica, caia na tentação de reagir da mesma maneira.

O futebol é paixão e rivalidade, não é violência nem criminalidade. Não pode valer tudo e aqueles que acham que sim, estão a matar o futebol!”

Subscrevo na íntegra. Viva o Glorioso!

Anúncios

2 comentários »

  1. Na íntegra!

    “A nossa grandeza e o nosso carácter devem levar-nos a pensar que somos o que somos porque não nos revemos neste tipo de acções.”

    Comentar por kravi — 23/03/2011 @ 12:35

  2. Foi uma acção premeditada de assassínio contra representantes do Benfica!
    Digo isto porque é impensável que quem planeou pormenorizadamente este acto não tenha medido as respectivas consequências.
    A intenção que os bandidos tiveram só pode ter sido a de molestar gravemente, inclusivamente eliminar, os alvos desta acção.

    Acho despropositado o aproveitamento político do ministro da administração interna que não perdeu a oportunidade de aparecer nos telejornais em horário nobre. Não lhe compete fazer comentários ou vir prometer investigação capaz sobre as situações criminosas que se verificam a cada passo (esta ou quaisquer outras, como esfaqueamentos à porta de discotecas, roubos de caixas multibanco, fogo-posto, raptos, violações, etc.). Isso cabe aos jornalistas e agentes da autoridade no terreno. O ministro (parece que é benfiquista) que se limite a pugnar pela justiça e que não venha para cá com discursos de intenções!

    Relativamente a este atentado fiquei com as seguintes dúvidas que ainda não consegui esclarecer e que as autoridades deveriam investigar:
    a) Se todos os outros estavam vigiados pelas forças de segurança, o viaduto donde foi arremessado o saco com pedras não estava vigiado porquê?

    b) Quem tinha conhecimento dos viadutos que iriam estar vigiados na passagem da comitiva do Benfica e dos que não teriam vigilância?

    Espero sinceramente que a investigação faça todos os esforços para encontrar os responsáveis (sem se preocupar desde logo em os relacionar com qualquer organização ou indivíduo). Talvez desse modo os consigam encontrar e indiciar.

    Gostaria também que nenhum adepto, simpatizante ou sócio do Benfica retaliasse quem supomos que está por detrás deste acto. Seria, realmente, a forma de não nos rebaixarmos ao nível dos bandidos.

    Saúdo os nossos dirigentes pelo comunicado que transmitiram e que ilustra a maneira de ser benfiquista.

    Viva o Benfica!

    Comentar por Mr C — 23/03/2011 @ 13:20


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: