A Luz dos Aboim

30/10/2010

Estatísticas SLB – FCPF

Filed under: Estatísticas, SLB — Etiquetas:, , — kravi @ 11:54

29/10/2010

Breve biografia do Luisão

Filed under: Biografias, SLB — Carlos @ 18:42

Na sequência de ter sido considerado o melhor jogador do mês de Setembro, pelos votantes do nosso blog, aqui vai uma brevíssima biografia e alguns apontamentos sobre o Luisão.



Anderson Luís da Silva, mais conhecido por Luisão, nasceu em 13 de Fevereiro de 1981, em Amparo, uma cidade do Estado de São Paulo, no Brasil.

É um defesa central com 1,92 m de altura e 90 Kg de peso que começou a carreira de futebolista profissional em 1999 no Clube Atlético Juventus, de São Paulo.

Em 2000 transferiu-se para o Cruzeiro Esporte Clube , de Belo Horizonte, no Estado de Minas Gerais, onde jogou até 2003.

Joga desde 2003 no Sport Lisboa e Benfica , sendo actualmente um dos capitães da equipa.

Luisão tem 42 internacionalizações e 3 golos marcados ao serviço da Selecção do Brasil.

Títulos conquistados

Pelo Cruzeiro :  Copa do Brasil em 2000 e 2003, Copa Sul-Minas em 2001 e 2002, Supercampeonato Mineiro em 2002, Campeonato Mineiro em 2003 e Campeonato Brasileiro em 2003.

Pelo Benfica : Taça de Portugal em 2003/4, Primeira Liga em 2004/5 e 2009/10, Supertaça Cândido de Oliveira em 2004/5 e Taça da Liga em 2008/9 e 2009/10

Pela Seleção Brasileira : Copa América em 2004 e Copa das Confederações em 2005 e 2009.

 

Recordo que, quando Luisão chegou ao Benfica em 2003, houve desconfiança por parte dos adeptos relativamente à sua qualidade como futebolista. No entanto, com trabalho, competência e dedicação, conseguiu desfazer por completo quaisquer dúvidas que pudessem continuar a existir quanto ao seu valor, sendo hoje um dos pilares da nossa equipa e um dos jogadores mais utilizados, em todas as competições.

Além disso, é um dos capitães da equipa, fruto da sua personalidade e da forma como se relaciona com os colegas, técnicos  e dirigentes.

É verdadeiramente um jogador e homem à altura da grandeza do nosso Glorioso Clube e digno de envergar o Manto Sagrado.

Salvé Luisão!

Como as palavras do próprio ajudam a fazer a história deste seu percurso como atleta do Benfica, deixo seguidamente interessantíssimas declarações que o Luisão prestou, recentemente, as quais foram publicadas no site oficial do Clube:

 

25/10/2010 FUTEBOL
Central brasileiro
Luisão: “Desejo comemorar mais títulos na Luz”

No dia em que o Estádio da Luz fez sete anos de existência, o central Luisão recordou alguns dos seus momentos na Catedral e expressou o desejo de celebrar ainda mais títulos.

Luisão chegou ao Clube em 2003 e desde então tem vivido momentos de glória no Estádio da Luz. Em declarações à Benfica TV, o central começou por enumerar alguns dos acontecimentos onde marcou presença, isto antes de eleger o que foi mais importante para si: “Foi o momento da minha estreia em 2003, ano da minha chegada, depois o título com o Trapattoni onde acabei por fazer o golo contra o Sporting, o tento contra o Liverpool numa eliminatória da Champions e o golo com o Sp. Braga na conquista do título do ano passado. São muitos os momentos.”

Questionado sobre o momento mais marcante, Luisão não tem dúvidas: “O golo do título contra o Sporting. O Benfica vinha de muitos anos sem conquistar o título e aquele foi um passo importante para podermos empatar no último jogo [referência ao encontro com Boavista].”

O defesa referiu ainda que “é um momento muito especial” quando actua no Estádio da Luz. “Sinto-me um privilegiado por participar nestes momentos. Quando estava no Brasil sabia da grandeza do Clube, mas o amor pelo Benfica cresce em cada jogo que entramos no Estádio. É um marco na nossa carreira”, considerou, acrescentando: “Na selecção brasileira tive a oportunidade de jogar em vários estádios e não vejo um estádio que se comparar com o nosso. Além da arquitectura em si, destaco o bom acolhimento, seja de todos os benfiquistas ou dos adversários.”

No dia em que a Catedral comemorou sete anos de vida, Luisão formulou dois desejos: “O desejo é de poder comemorar mais títulos no nosso Estádio e de ver o estádio cheio no próximo jogo.”

Por fim, o internacional brasileiro destacou o bom momento do Benfica no campeonato nacional, lembrando que a equipa vem de quatro vitórias consecutivas. “O problema foi apenas as duas primeiras partidas. Não arrancámos muito bem, mas depois disso temos vindo a manter a regularidade. É lógico que muitas vezes vamos vencer e não dar espectáculo, mas quando se trata do Benfica ouve-se muita coisa de fora que não é verdade. As coisas têm vindo a correr bem. Os adeptos sabem que estamos a dar o máximo para vencer os jogos e estamos numa fase muito boa de resultados”, salientou.

(in site oficial do Sport Lisboa e Benfica)

27/10/2010

O melhor de Setembro

Filed under: SLB — Etiquetas:, , — Carlos @ 18:55

Está na hora de anunciar que o vencedor da votação para melhor jogador do Glorioso em Setembro passado foi o capitão da nossa equipa, Anderson Luis da Silva, mais conhecido por Luisão.

 

A vitória assenta como uma luva ao Luisão, pela qualidade do seu jogo e por tudo o que representou para a equipa neste início de época.

Num próximo post, seguir-se-á uma breve biografia do vencedor e, no final deste  mês, iniciaremos a votação para melhor jogador de Outubro.

Saudações benfiquistas

26/10/2010

Efeméride II

Filed under: Efeméride, SLB — Carlos @ 19:12

Foi há 10 anos!

Vocês lembram-se.

Foi em 27 de Outubro de 2000 que Manuel Vilarinho derrotou nas urnas Vale e Azevedo (62,2% contra 37,8%). Foi uma noite inesquecível que ainda hoje recordo com muita alegria. Tínhamos passado parte do dia nas filas para votar e já nessa ocasião se sentia que alguma coisa iria mudar. A adesão dos benfiquistas foi enorme. A celebração da vitória foi uma festa. Vade retro Azevedo de má memória que ousaste pôr o nosso querido Clube de rastos! Passados 10 anos, depois de muitos sacrifícios, trabalho e dedicação, temos novamente um Clube pujante e apto para lutar pelos mais altos objectivos. Somos um Clube inovador e solidário.  Somos o maior Clube do mundo. Cada vez mais, sou benfiquista, com muito orgulho e com muito amor! Viva o Benfica!

25/10/2010

Efeméride I

Filed under: Efeméride, SLB — Etiquetas:, , , , — Carlos @ 20:29

Tenho muito orgulho em assinalar que se comemora hoje o 7.º aniversário da inauguração do nosso belo estádio. Continua e continuará a ser o mais grandioso e importante estádio português e um dos mais belos em todo o mundo.

A Nova Catedral

Relembro, a propósito, as palavras ditas por Fialho Gouveia, no dia da inauguração da “Nova Catedral”:

“Jovem e querido Estádio, parabéns porque és tão bonito e porque tens um radioso futuro à tua frente. Que sejas muito feliz, pelo menos tanto como foi o teu pai que nunca deixará de estar nos nossos corações.”

Na verdade, o antigo Estádio, nunca poderá deixar de ser recordado pelos benfiquistas. Além de também ser muito belo, foi o primeiro que possuímos (até então utilizávamos campos alugados) e nele se cumpriram etapas muito importantes da vida do Clube.

O antigo Estádio

No entanto, creio que um digno sucessor está encontrado.

É motivo de satisfação verificar que, desde que foi inaugurada, a “Nova Catedral” já contabiliza um total de assistências que ultrapassa sete milhões, tendo conquistado definitivamente um lugar no coração dos benfiquistas.

Daqui para a frente, que venham mais títulos e glória para as nossas cores.

A Nova Catedral e o complexo das piscinas e pavilhões, à direita

Saudações benfiquistas!

21/10/2010

JJ isto não é a Liga Europa…

Filed under: SLB — Etiquetas: — ivo980 @ 00:15

Após a partida com o Lyon, fico com a mesma sensação que tive aquando da partida na Alemanha, com o Schalke. Entregámos o jogo ao adversário, e não fizémos tudo o que poderíamos ter feito.

Não vou repetir a conversa das lacunas tácticas, sobre as quais me debrucei na jornada anterior da Champions, mas não o faço só para não me repetir, porque os problemas foram exactamente os mesmos.

Sempre admirei a coragem do JJ na abordagem aos jogos, quer no discurso, quer na forma como a equipa se apresenta. Mas há uma linha muito ténue entre ser corajoso e ser burro, e entre ter um discurso confiante e ser fanfarrão. Acho que sem perder a garra que o caracteriza, o JJ devia ser mais cauteloso na forma como aborda os jogos da Champions, tanto no discurso, como na forma romântica/ingénua como escolhe a equipa.

Não me vou sentir diminuído se vir a minha equipa um pouco mais cautelosa e matreira a jogar em casa do Lyon, que possui uma excelente equipa, quiçá mais forte do que a nossa.

O intervalo comprova a minha teoria. Parece-me irresponsável a forma como o JJ (não) organizou a equipa, e não fosse o Roberto o resultado poderia ter sido bem pesado.

Obviamente continuamos com a passagem nas nossas mãos, mas é preciso entender que não estamos a jogar contra o Gent, ou o Levski de Sofia. Humildade e frieza recomendam-se.

Saudações.

17/10/2010

Estatísticas SLB – FCA

Filed under: Estatísticas, SLB — Etiquetas:, , — kravi @ 03:13

14/10/2010

Venham de lá esses Arouquenses!

Filed under: Geral, SLB — Etiquetas:, , , , , , , — BLA @ 10:21

Volta a bola à Luz este Sábado, após um longo interregno! O último jogo do Glorioso foi já há mais de dez dias…

Dez dias em que assistimos a uma ténue recuperação da credibilidade perdida pela Selecção Nacional Portuguesa nos tempos de Carlos Queiroz, ao mesmo tempo em que assistíamos a duas grandes exibições do Carlos Martins no meio-campo, para além do absolutamente óbvio óptimo Coentrão.

Dez dias em que assistimos à etapa final da “ressurreição” de 33 mineiros chilenos, presos durante 65 dias a mais de 700 metros de profundidade. Recuperados para a vida por via de engenharia ao mais alto nível e da mais avançada das tecnologias, fruto de uma memorável colaboração de esforços à escala mundial. Um episódio inesquecível!

Dez dias em que assistimos à conquista do tri-Campeonato Mundial de Voleibol Masculino pelo Brasil, batendo sucessivamente toda a oposição até chegar à Final e derrotar de forma inapelável a óptima selecção Cubana. Grandes jogos!

Dez dias em que assistimos, incrédulos (ou talvez não…), a intervenção policial numa Assembleia onde Condes, Viscondes, Duques e Barões se envolviam em pancadaria – mas pancadaria de forma cordial, certamente……

Dez dias em que assistimos à celebração do centésimo aniversário da Republica Portuguesa, ao mesmo tempo em que éramos confrontados com o agravamento das Medidas de Austeridade impostas pelo Governo Português, as quais, com o propósito de “recuperar a confiança dos mercados internacionais” e de serem “fundamentais para o futuro colectivo dos portugueses”, nos vão, objectivamente, continuar a trazer dificuldades a curto/médio prazo…

Exigem-se medidas anti-depressão, então.

Exige-se, então, regozijo pelo regresso das Papoilas Saltitantes à Catedral. E venham de lá esses Arouquenses para a festa da Taça!

08/10/2010

Actualidade

Filed under: Geral — Etiquetas:, , , — Carlos @ 16:39

Será que a História se repete  ou é do sol a queimar as “moleirinhas”?

 

“Estamos perdidos há muito tempo…
O país perdeu a inteligência e a consciência moral.
Os costumes estão dissolvidos, as consciências em debandada.
Os caracteres corrompidos.
A prática da vida tem por única direção a conveniência.
Não há princípio que não seja desmentido.
Não há instituição que não seja escarnecida.
Ninguém se respeita.

Não há nenhuma solidariedade entre os cidadãos.
Ninguém crê na honestidade dos homens públicos.
Alguns agiotas felizes exploram.
A classe média abate-se progressivamente na imbecilidade e na inércia.
O povo está na miséria.
Os serviços públicos são abandonados a uma rotina dormente.
O Estado é considerado na sua ação fiscal como um ladrão e tratado como um inimigo.
A certeza deste rebaixamento invadiu todas as consciências.
Diz-se por toda a parte, o país está perdido!
Algum opositor do atual governo? Não!”

 

Este texto foi escrito por Eça de Queirós, em 1871, e incluído no primeiro número de “As Farpas”.

 

07/10/2010

Ainda o SLB – SCB

Filed under: SLB — Etiquetas:, , , — BLA @ 12:18

Grande vitória do Glorioso contra o Braga, este passado domingo!

Vi boas exibições na defesa, com o Roberto a cada dia mais seguro e o Capitão absolutamente intransponível. Vi muito suor no meio-campo, com o Carlos Martins a batalhar imenso, quer a atacar, quer a defender; com o Gaitán a fazer alguns óptimos slaloms por entre vários bracarenses, pelo centro do terreno; e com o Pablito a passear classe – olé. Vi algum desacerto no ataque, na hora da finalização, ainda que as assistências do Saviola sejam um regalo. Vi um golão! Fabuloso! Vi, no geral, uma equipa muito mais equilibrada. Com muita gente a subir rapidamente de forma e muito mais próximos do nível da época passada.

Vi, também, muita falta de confiança. A confiança que se ganha com as vitórias consecutivas. Neste jogo, como no passado jogo na Alemanha, foi claramente notória a falta de confiança com que os jogadores estão. Após sofrermos o primeiro golo, na Alemanha, tudo desabou e nunca mais conseguimos pegar no jogo e responder como seria exigível. Acabámos a sofrer o segundo golo e até poderiam ter sido mais… Contra o Braga, após marcarmos, perdemos instantaneamente a concentração! Parecia que estava a ver o Benfica dos tempos do Quique – a falta de segurança, falta de confiança, o medo e a ansiedade. Quantos jogos, nos tempos do Quique, acabavam com a equipa do Benfica a chutar bolas desgovernadamente para a frente, desperdiçando posses de bola, perdendo a concentração, defendendo o 1-0? Inúmeros. Tal como neste jogo…

Sou totalmente contra o “queimar tempo”. Percebo perfeitamente que não tenhamos pressa em repor a bola em jogo, para acalmar o ímpeto dos adversários e colocar alguma ordem na equipa, tacticamente e psicologicamente. O que não gosto é de ver jogadores do Benfica a perder propositadamente tempo, na ânsia de que o jogo acabe rapidamente… Demonstra nervosismo e muita falta de confiança. (e nada disto se refere às declarações do treinador do Braga, que de tão ridículas que foram, nem comentários nos devem merecer)

Talvez seja defeito de Benfiquista – a história do Glorioso sempre nos habituou a querer sempre mais golos, maiores vitórias, irrepetíveis e incontestáveis resultados! Foi também por reencontrarmos estas características numa equipa do Benfica, após anos de sofríveis exibições de futebol, que tanto gostámos de ver a equipa jogar no ano passado – um, dois, três não eram suficientes! Foi, por isso, com bastante desconforto que vi a equipa, após o golo do Carlos Martins neste domingo, queimar tempo e perder totalmente a concentração. Alturas houve em que a única preocupação que aparentemente se lhes notava era a de despachar a bola lá para a frente – e, na maioria das vezes, mal, dando-a instantaneamente ao adversário! Liderança dentro e fora de campo era o que se exigia. Liderança que trouxesse tranquilidade. Aparentemente, naquele particular momento, isso não foi conseguido.

É claro que este estado de ansiedade se repercute (ou – quem sabe? –, por vezes, deles mesmo parte) nos adeptos. E a forma como se gritou, festejando a vitória, assim que o árbitro apitou para o final dos seis minutos de compensação, foi desse facto notória! O alívio foi demasiado evidente.

E, se sem dúvida me senti aliviado no final do jogo, ao mesmo tempo me senti entristecido… Não gosto de dar nada aos nossos adversários. E muito menos algum qualquer sentimento de que para nós foi uma dificuldade tremenda batê-los, ou uma alegria imensa… A verdade é que nunca uma vitória sobre o Braga foi tão efusivamente festejada – nem a do ano passado (talvez por ter sido tão categórica). Ora bolas, somos o Benfica – bater o Braga é perfeitamente natural!!

Sei que a minha visão romântica da bola talvez possa estar ligeiramente desajustada daquilo que é o futebol, hoje em dia. O Braga é uma equipa forte e o Benfica já não tem a preponderância de outrora… Ainda assim, não gosto de lhes dar satisfação absolutamente nenhuma – e os nossos gritos de alegria no domingo terão certamente aumentado o ego de muitos bracarenses…

Bom, devaneios à parte, foi um bom jogo de futebol, mostrámos uma vez mais que nos estamos a aproximar dos bons índices da época passada e ganhámos terreno em relação à luta pelo Título!

Viva o Glorioso!

Older Posts »

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: